1 comentário em “Os troskos e seu eterno recalque”

  1. Partido da Casa de Orates

    A política stalinista do PCO está ficando tão descarada que Rui Denis, o Pimentinha achou de falar que stalinismo não existe mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: