Trabalhe no PCO e se ajoelhe para receber

Tem que pedir com carinho, e também ser insistente pq os pimentinhas têm vários afazeres (tipo, NADA, absolutamente nada, passam o dia olhando pro céu).

O clamor a seguir é de um trabalhador do partido.
“João”, que está se fingindo de morto pra não pagar o que deve, é o filho do Rui, herdeiro do PCO.

Esse moço parece ter o dom de ser um fiel cordeirinho. Meu amigo, sai dessa vida, não se humilhe pra esses meliantes, eles não se importam com suas necessidades básicas, vc não tem sobrenome Pimenta. Sai correndo, mano.

1 comentário em “Trabalhe no PCO e se ajoelhe para receber”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: